EM JOGO MORNO, NÁUTICO VENCE E REBAIXA O AMÉRICA/PE

Com arquibancadas vazias no estádio Ademir Cunha, em Paulista, o Náutico venceu o América/PE por 1×0, na tarde deste domingo (10). O gol marcado por Suélinton, aos seis minutos do segundo tempo, deu a liderança provisória aos alvirrubros – que esperam o complemento da rodada para definir posição – e sacramentou o rebaixamento do time casa à Série A2 do Campeonato Pernambucano de 2020. O Náutico agora soma 18 pontos, em uma campanha de seis vitórias e duas derrotas. Já o América tem um único ponto, do empate em 0x0 com o Petrolina ainda na terceira rodada.

Na próxima rodada, a última desta primeira fase do Estadual, no domingo (17), o Náutico encara um Clássico das Emoções contra o Santa Cruz, em casa, enquanto o rebaixado América visita o Flamengo de Arcoverde, que ainda tenta se livrar do rebaixamento.

No início do jogo, o América deu a falsa impressão de que se lançaria ao ataque em busca do único resultado que lhe interessava na esperança de evitar o rebaixamento. O ímpeto, no entanto, durou pouco, o que, teoricamente, daria margem para o Náutico crescer na partida. O Alvirrubro, no entanto, jogou o primeiro tempo da partida em ritmo de amistoso. Teve dificuldades para trocar passes, sobretudo pela ausência de uma referência no meio de campo para fazer uma ligação, o que fez o jogo ficar concentrado nas laterais. Ruim tecnicamente, o primeiro tempo teve poucas chances reais de gol.

O América foi quem chegou com perigo pela primeira vez, com Rômulo, que recebeu cruzamento e, livre, arrematou de fora da área, para boa defesa de Bruno. Depois, o time da casa quase saiu em vantagem quando Rafel Ribeiro cortou um lance e por muito pouco não marcou contra. O primeiro arremate do Náutico só saiu aos 18 minutos, com Danilo Pires arriscando de fora da área. A outra chance foi em uma cobrança de falta de Luiz Henrique, que tentou colocar a bola no ângulo, mas ela raspou o travessão e saiu.

Com Fábio Matos no lugar de Jiménez, o Náutico voltou para o segundo tempo com mais iniciativa e abriu o placar logo aos seis minutos. Em cobrança de falta, Fábio Matos levantou a bola na pequena área e Suélinton marcou de cabeça. Buscando uma reposta imediata, o América desceu em velocidade com Alessandro, que invadiu a área alvirrubra, ficou cara a cara com Bruno, mas chutou para fora. Pouco depois, Cleberson cobrou falta e acertou a quina da meta alvirrubra. No rebote, Rômulo cabeceou para fora.

Precisando do resultado, o América se lançou mais ao ataque, mas, apesar de ter criado boas jogadas, não teve sucesso nas finalizações. E o Náutico, embora tenha tido mais espaço no campo, também não conseguiu aproveitar os contra-ataques com eficiência.

Ficha técnica

América/PE 0
Dida; Thyego (Gabriel), Walter Guimarães, Fernando e Marcus Paulo; Alessandro , Rômulo, Breno e Cleberson; Matheus Sacramento e Davi (Mikael). Técnico: Wilton Bezerra.

Náutico 1
Bruno; Hereda, Suéliton, Rafael Ribeiro e Josa; Jiménez (Fábio Matos), Luiz Henrique e Danilo Pires; Robinho, Thiago e Odilávio (Yuri). Técnico: Márcio Goiano

Local: Ademir Cunha (Paulista/PE)
Árbitro: Michelangelo Almeida
Assistentes: Clóvis Amaral e Marcelino Castro
Gol: Suélinton (aos 6’ do 2ºT)
Cartões amarelos: Rafael Ribeiro e Danilo Pires (Náutico); Walter Guimarães e Mikael

 

Por: Folha de Pernambuco/Foto: Léo Lemos/Náutico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *