APÓS APENAS SETE JOGOS, MILTON CRUZ PEDE DESLIGAMENTO E NÃO É MAIS TREINADOR DO SPORT

Durou apenas sete jogos a passagem do técnico Milton Cruz pelo Sport. Na noite desta segunda-feira, o clube anunciou, através do seu site oficial, que o treinador pediu o desligamento do clube. Foram quatro vitórias e três derrotas neste início de temporada. As duas últimas, em um período de cinco dias, tornaram o ambiente insustentável para o treinador. Na quarta-feira (13), o Sport foi goleado pelo Tombense por 3 a 0 e acabou eliminado da Copa do Brasil – um resultado que causou um prejuízo milionário ao planejamento rubro-negro para 2019.

No domingo (17), Milton repetiu a contestada escalação contra o Santa Cruz. Antes do jogo no Arruda, chegou a dizer – em entrevista à TV Globo – que considerou uma grande atuação da sua equipe na derrota em Minas Gerais. Pressionado, viu o Leão ser derrotado para o rival e, pouco mais de 24 horas depois, entregou o cargo.

 

Redação Superesportes /Diario de Pernambuco

CORREIOS E ESPORTES AQUÁTICOS CHEGAM A ACORDO PARA RENOVAÇÃO DE PATROCÍNIO

Os Correios e a CBDA (Confederação Brasileira de Esportes Aquáticos) chegaram a um acordo para a renovação do contrato da estatal com o órgão. O acerto foi discutido nesta quarta-feira (13) em encontro dos presidentes das duas entidades. Ainda não há, porém, prazo de duração e valores do novo contrato. O patrocínio, que era o maior da estatal na área esportiva e pagava à confederação R$ 5,7 milhões anuais, se encerrou no último dia 31 de janeiro.

“Para nós, é uma satisfação muito grande ver que brasileiros se dedicam e obtêm bons resultados que podem elevar o nome do nosso país cada vez mais alto”, disse o general Juarez Cunha, presidente dos Correios, em nota. Embora Jair Bolsonaro tenha defendido a privatização dos Correios durante a campanha à Presidência, no fim de 2018 o astronauta Marcos Pontes, escolhido pelo presidente para assumir o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, afirmou que os Correios não estavam na pauta de privatizações do governo.

Até o início deste ano, a empresa estatal patrocinava, além dos esportes aquáticos, a Confederação Brasileira de Tênis, cujo contrato foi encerrado em dezembro, e a Confederação Brasileira de Handebol, cujo vínculo com a estatal também terminou no fim de janeiro. Ainda restam contratos menores em vigor com as confederações de rúgbi, squash e desporto universitário.

 

Por: Folhapress

CAIXA PODE ENCERRA PATROCÍNIOS A CLUBES DE FUTEBOL

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, criticou muito a forma de gasto da CAIXA com os clubes de futebol. No total, 663 milhões foram gastos em sete anos. Para 2019, a CAIXA está fazendo uma análise de como ficará, e os clubes já estão se preparando para a saída do maior patrocinador do futebol. A ideia da CAIXA de investir em clubes começou em 2012 com um montante de 5,4 milhões por ano, hoje, essa realidade é de 145,6 milhões?ano. Sport – PE e Botafogo – RJ são os clubes que ainda tem contratos com a CAIXA, e se encerram em fevereiro. No total, em 2018, 25 clubes foram beneficiados com os recursos, destes, 23 já terminaram seu vinculo com a instituição financeira.

JOGO DA SOLIDARIEDADE EM SERRA TALHADA

O jogo da solidariedade, no Estádio Nildo Pereira de Menezes, Em Serra Talhada, foi marcado pela presença de jogadores de várias gerações. Na verdade, o que estava em jogo era a doação de alimentos não perecíveis, que seriam destinados as pessoas carentes. Quem está a frente desta ação é o Ex-jogador Rogério, João Bala, Timão, Ricardo, Robério da Caixa, Petróleo e Jarbas, que conseguiram reunir em torno de 73 jogadores na manhã de ontem (30). O jogo, com caráter festivo terminou, Profissionais 4 x 2 Amadores, e na medida que o tempo passava eram substituídos dando oportunidade para que todos pudessem jogar. A parte da solidariedade aconteceu na manhã de hoje (31) nos bairros da Borborema, Cagepe, Vila Bela, Baixa Renda, Mutirão, Serra Grande e no Distrito de Varzinha. No total, 50 cestas básicas foram distribuídas, fazendo a alegria das famílias atendidas. O Secretário de Esportes, da Prefeitura de Serra Talhada, Gin Oliveira destacou a iniciativa como “Positiva, uma vez que, reúne amigos em torno de uma causa nobre, que busca atender comunidades e famílias com necessidades diversas”. O Secretário ressaltou ainda que, “iniciativas como essas são louváveis, do ponto de vista social e merece nosso reconhecimento”.

AMANDA NUNES VIRA NOVO ROSTO DO MMA NO BRASIL

O nocaute avassalador sobre Cris Cyborg não fez de Amanda Nunes apenas a única mulher na história campeã em duas categorias do UFC (galo e pena). O feito mudou de uma vez por todas a brasileira de patamar no esporte e abriu um horizonte desejado por ela e, principalmente, pelo presidente Dana White.

Os 51 segundos de luta, nos quais os presentes no The Forum -histórica arena da Califórnia- perderam o fôlego, transformaram a baiana de 30 anos no rosto do MMA no Brasil. Atualmente, ela é a única brasileira campeã entre todas as categorias do UFC. Nenhum lutador do país ostenta cinturão, enquanto a “Leoa” desfila com dois. E o que isso quer dizer a partir de agora? É a chance perfeita para a dupla Amanda e Dana White no Brasil.

A ideia é a de que a lutadora siga os passos de Anderson Silva quando o MMA explodiu em território nacional. Ao acertar o chute frontal em Vitor Belfort no UFC 126, em 2011, o Spider se transformou na imagem do Brasil no esporte. A febre foi natural, com cada vez mais pessoas acompanhando as edições do evento, entrevistas em programas populares e transmissões em TV aberta.

É com isso que o UFC sonha para retomar o território no Brasil. E os dois cinturões de Amanda Nunes são a oportunidade perfeita. Construir a idolatria em cima da “Leoa” -promovendo a imagem de maneira inteligente- é o que a principal franquia de MMA do mundo pretende para voltar aos dias de glória no país.

Desde a derrocada de Anderson Silva e de outros lutadores brasileiros -com perdas de cinturões em sequência-, o UFC se mostrou muitas vezes perdido em como trabalhar no país. Amanda deu um presente ao patrão Dana White, que terá reuniões com a campeã em busca de objetivos ousados.

“Ela será uma estrela, prometo isso. As pessoas ficaram loucas com ela. Definiremos os próximos passos”, garantiu.

Considerada a maior lutadora de todos os tempos por ter alcançado o histórico feito, Amanda Nunes ainda vive o êxtase da conquista. No entanto, a campeã está pronta para trabalhar na missão do território nacional junto ao presidente da franquia.

“O mais importante é que estou feliz. Sempre estive bem e confiante de que mudaria a minha vida. Fico contente com os planos do Dana. É muito importante isso. Ele agora tem uma campeã em duas categorias. Eu fiz história mais uma vez e só penso em ganhar. Isso é o que me faz forte, é por causa disso que sou atleta. Fico ainda mais feliz em saber que conquistei tudo isso com o meu trabalho”, comentou.

Na véspera do Ano Novo, o UFC tem duas certezas. Amanda Nunes foi o nome de 2018 e tudo o que se pensa sobre MMA para 2019 no Brasil passa obrigatoriamente por ela. A história foi escrita e a ideia dos envolvidos é a de que ganhe ainda mais páginas. O futuro dirá.

 

Por: Folhapress

AFOGADOS APRESENTA SEU ELENCO

Em noite de muita festa, no Estádio do Vianão, o Afogados Futebol Clube, apresentou seus novos contratados para a temporada 2019 do Pernambucano. Com muitos torcedores presentes, a Diretoria preparou uma grande festa, com direito a canhão seguidor, transmissão ao vivo pelo facebook, pelo site bomdiaesportivo.com.br e pela equipe da Rádio Cultura FM 92,9. O clima bastante acolhedor, foram apresentados ainda, toda a comissão técnica, que tem no comando, um velho conhecido da torcida e campeão da série A2 do pernambucano 2018, Pedro Manta. Foram apresentados 21 atletas na noite desta segunda-feira (10), outros 5 jogadores devem se apresentar nos próximos dias.

O Vice-Prefeito do município, Alexandro Palmeira e o Secretário de Esportes, Edygar Santos, se fizeram presentes e levaram o abraço do Prefeito Patriota, que estava em viagem institucional.

Com fogos, as torcidas, Jovem tricolor e Afogados Chopp, atual elenco do Afogados foi apresentado. São eles:

Goleiros: Danilo; Wallef; Renato e Jeferson(Base)
Zagueiros: Ozéas; Hugo Oliveira; Gustavo, Marcio e Hércules(Base)
Lateral-Esquerdo: Thalison e Xisto
Lateral-Direito: Jader e Mathaus
Volantes: Douglas; Madson e Juninho(Base)
Meias: Elvis; Bebeto; Léo Cotia e Romário(Base)
Atacantes: Diego Ceará; Willian; Candinho; Rodrigo; Grafite e Charles

Comissão Técnica
Roupeiro: Renato da Silva
Massoterapeuta: Betão
Analista de Desempenho: Allan Max
Preparador de Goleiros: Welisson Lima
Preparador Fisíco: Deivison Combé
Técnico: Pedro Manta
Supervisor: Adgerson Brandão

Departamento Médico:
Dr Roberto Vicente
Dr Cordeiro
Fisioterapeuta Thayse Vicente
Fisioterapeuta Eduardo Rodrigues
Fisioterapeuta Joci James. Foto: Cláudio Gomes

FPF DIVULGA MEDALHAS DAS COMPETIÇÕES SUB-15, SUB-17, SUB-20 E SÉRIE A2

A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) apresenta aos torcedores pernambucanos as medalhas dos Campeonatos Pernambucanos Sub-15, Sub-17, Sub-20 e Série A2.

Todas as competições citadas acima estão na reta final, restando apenas alguns jogos para conhecermos os campeões. No caso do Pernambucano Sub-15, o torcedor já irá conhecer a equipe que levantará o troféu na próxima quarta-feira (24), quando acontece a finalíssima entre Sport x Santa Cruz, na Ilha do Retiro.

Com detalhes modernos as medalhas são personalizadas com as cores da FPF e os símbolos de cada competição.

 

Por Assessoria FPF Foto: Divulgação FPF

PETROLINA SEGUE CONFIANTE PARA JOGO DE VOLTA DAS SEMIFINAIS

O Petrolina segue com confiança total no Campeonato Pernambucano Série A2. O clube tem a melhor campanha de todo o estadual e vai para o jogo de volta das semifinais com a expectativa de fazer um bom resultado. Na primeira rodada das semis, o clube sertanejo venceu o Decisão por 4 x 2 e comemora a vantagem para o jogo de volta.

Dono de dois títulos da segunda divisão, o Petrolina busca garantir a classificação para a final do campeonato e pretende levantar mais um troféu da Série A2. Fora dos gramados pernambucanos desde 2016, o presidente do clube, Ronaldo Silva, acredita que esse tempo parado serviu de aprendizado e de preparação para que a equipe pudesse voltar com força em busca do acesso.

“O sonho do Petrolina e de todo o torcedor é que o clube volte a disputar o Pernambucano Série A1, mas passamos por dificuldades e passamos mais de três anos sem participar do campeonato. Este ano me convocaram para assumir a presidência e eu procurei juntar uma diretoria que gostasse de futebol para que a gente pudesse formar uma grande equipe”, disse.

Ronaldo também falou sobre todo o trabalho realizado para fazer a melhor campanha do estadual até o momento. “O primeiro passo foi contratar o técnico Pedro Manta que tem histórico de subir equipes para a primeira divisão e o Pedro Manta conseguiu juntar essas peças, fizemos peneirão na cidade e contratamos mais 10 peças de fora. Estamos invictos e eu tenho certeza que com essa equipe fortalecida o Petrolina vai ser campeão da Série A2. Temos uma boa vantagem de dois gols. Para o Decisão passar precisa fazer três gols e eu acho difícil porque temos uma das melhores defesas da competição”, destacou.

A última participação da Fera Sertaneja na primeira divisão do Pernambucano aconteceu em 2013, quando o clube terminou na 11ª posição e acabou sendo rebaixado. Ronaldo garantiu que este ano o clube levantará o troféu e conquistará o acesso. “Nós temos grande patrocinadores junto com a Prefeitura Municipal. O nosso prefeito tem dado todo o apoio necessário. Eu tenho certeza que o que for preciso fazer para dar condições aos nossos atletas para o Petrolina ser campeão da Série A2 e ter o acesso à primeira divisão nós vamos fazer”, finalizou o dirigente.

PELA SÉRIE A2 DO ESTADUAL, ÍBIS VENCE O TIME SUB-20 DO SPORT E QUEBRA TABU DE 48 ANOS

A sexta rodada era a despedida para Sport e Náutico da Série A2 do Pernambucano. Mesmo com a pontuação suficiente, os clubes não poderiam avançar para o mata-mata devido ao acordo firmado com a Federação Pernambucana na elaboração do regulamento, já que os dois clubes já estão na elite estadual. E ambos saíram de campo derrotados em suas partidas.

Depois de 48 anos, o Sport acabou derrotado pelo Íbis por 1 a 0. Jogando no Ademir Cunha, o pássaro preto confirmou a classificação com primeiro colocado do Grupo D com gol do volante Conca, no primeiro minuto da segunda etapa. A última derrota leonina tinha sido em maio de 1970, também por 1 a 0, no Arruda.
O Náutico enfrentou o Vera Cruz no Arruda e também acabou derrotado. A partida acabou 2 a 0 para os visitantes. Com destaque para o jogador Polho, do clube de Vitória de Santo Antão, que marcou os dois gols da partida.
Com os resultados da 6ª rodada, os confrontos entre os oito classificados para as quartas-de-final ficaram assim definidos: Petrolina x Cabense , Porto x Centro Limoeirense, Vera Cruz x Decisão e Íbis x 1° de Maio
Os primeiros colocados de cada grupo (Petrolina, Porto, Vera Cruz e Íbis) irão decidir a vaga jogando a segunda partida em seus domínios. As primeiras partidas do mata-mata vão ocorrer na casa dos segundos colocados de cada chave no dia 4 de outubro (quinta-feira) às 15h.

Yago Mendes /Especial para o Diario

ETIENE MEDEIROS CONQUISTA O OURO NOS 50M COSTAS EM ETAPA DA COPA DO MUNDO

A nadadora Etiene Medeiros conquistou nesta sexta-feira a medalha de ouro nos 50m costas na etapa de Eindhoven, na Holanda, da Copa do Mundo, disputada em piscina curta. Enquanto está em preparação para o Campeonato Mundial em piscina curta (25m) de Hangzhou, na China, em dezembro, a atleta participa do circuito internacional promovido pela Fina (Federação Internacional de Natação), que  reúne a elite da natação em oito etapas neste segundo semestre.
Etiene terminou a prova com o tempo de 26s07, apenas três centésimos à frente da local Ranomi Kromowidjojo. Em terceiro lugar ficou a também holandesa Kira Toussaint, com 26s13. A brasileira tentará o tricampeonato mundial dos 50m costas em piscina curta e é a recordista mundial da prova desde 2014, com a marca de 25s67.
Além do ouro nos 50m costas, a pernambucana também disputou a final dos 50m livre, na qual terminou na sexta posição, com 24s24.

 

Marina Maranhão /Especial para o Diario

1 2 3 4