EM 2020 A EQUIPE SHOW DE BOLA EM NÍVEL NACIONAL

A Equipe Show de Bola da Rádio Cultura, fará um investimento maior em 2020. Com profissionais comprometidos com a comunicação esportiva de Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco. Chico Silva, o narrador da nova geração, Sebastião Costa e Marcos Aurélio, no plantão bem informado, e André Moraes, o repórter show de bola, esses profissionais já credenciados pela FPF – Federação Pernambucana de Futebol e CBF – Confederação Brasileira de Futebol, farão parte da maior rede esportiva do Neste.  A Rádio Cultura FM 92,9 com sede em Serra Talhada, onde esses profissionais atuam, está dando todo o suporte para uma grande maratona na cobertura do Campeonato Pernambucano A1, Copa do Nordeste, Brasileirão da Série D e Copa do Brasil.

A equipe se prepara e já está em campo com sua turma de marketing e comercial e busca de patrocínio em toda a região do Pajeú, área de atuação da Rádio Cultura e que tem uma cultura e uma paixão pelo futebol pois seu único representante, o Afogados da Ingazeira, só não irá participar da Copa do Nordeste, na lista citada acima.

Serão dezenas de jogos, mas a atuação da equipe nos campos já se tornou marca registrada, onde o Time Afogados atuar sempre teremos informações da equipe. Em 2020, novos parceiros estarão com a equipe, que fará o lançamento no mês de dezembro na cidade de Afogados da Ingazeira em um programa especial.

As empresas com interesse em fazer parte do line-up da equipe Show de Bola, da Rádio Cultura FM 92,9 é só ligar no 87 9.99300454, esse é o número do Departamento Comercial da Equipe Show de Bola. Segundo Sebastião Costa, “ainda temos espaços em nossa programação esportiva que, além das transmissões, temos a resenha show de bola e os jogos que iremos fazer em parceria com a Rádio Jornal”. Hoje, a Rádio Cultura FM 92,9 é a única emissora em Serra Talhada com autorização para reproduzir seus conteúdos.

EQUIPE SHOW DE BOLA PRESENTE NA EXPOSERRA

A Equipe Esportiva da Rádio Cultura FM 92,9 esteve presente na 20ª edição da Exposerra, que aconteceu na cidade de Serra Talhada, e terminou no último sábado (13). A Equipe Show de Bola, com Chico Silva e Sebastião Costa, visitaram os estandes dos principais patrocinadores da equipe na temporada 2019. Um dos mais movimentados foi o da FIS – Faculdade de Integração do Sertão. Com uma estrutura arrojada, os diretores marcaram presença, e conversaram com Sebastião Costa sobre as novidades para o próximo ano. A Exposerra é, sem dúvida, um dos grandes eventos da região, e a possibilidade de prospectar novos anunciantes foi muito promissora. Grandes agências de publicidades e agentes de marketing das empresas expositoras, em conversa com nossa equipe, diziam da força que tem a Rádio Cultura FM. A Equipe Show de Bola já está nos últimos detalhes para o campeonato pernambucano da Série A2 e Sub-20. Como nos anos anteriores, a presença nos estádios, onde os jogos acontecem tem despertado o interesse de grande parte de anunciantes e agentes de comunicações.

Uma grande marca de calçados já sinalizou uma parceria com a equipe, demostrando assim confiança no profissionalismo das transmissões, com jogos transmitidos ao vivo. Hoje a equipe conta com profissionais devidamente comprometido com a campanha publicitária para a temporada 2019. Com esse respaldo, a equipe Show de Bola esteve na final da Copa do Nordeste, entre Fortaleza e Botafogo da Paraíba, jogo realizado no Almeidão, na cidade de João Pessoa, e na abertura da Copa América, no Morumbi, com Sebastião Costa, que foi até a cidade de São Paulo, em grande cobertura.

FPF CONFIRMA RETORNO DA COPA PERNAMBUCO

Nesta terça-feira (9), a Federação Pernambucana de Futebol confirmou o retorno da Copa Pernambuco ao calendário do futebol estadual. A competição tem início previsto para o mês de agosto e as inscrições começam, a partir desta quarta-feira (10).

O presidente da FPF, Evandro Carvalho, comentou sobre o objetivo e a importância da competição voltar a fazer parte do calendário do futebol profissional pernambucano. “Como gestora do futebol pernambucano, a Federação Pernambucana de Futebol sempre estará buscando defender os interesses dos filiados. Por isso, a volta da Copa Pernambuco tempo por objetivo valorizar os nossos clubes, principalmente, os do Interior, fazendo com que estejam em atividade no segundo semestre, quando alguns já encerraram a participação em competições da CBF e, outros, não estarão disputando a Série A2 do estadual”, declarou.

Segundo o Diretor de Competições, Murilo Falcão, poderão participar desta edição, clubes profissionais filiados à FPF e em dia com as suas obrigações estatutárias. Os clubes deverão enviar ofício à FPF formalizando o pedido de participação. Mais informações serão repassadas pela DCO da Federação Pernambucana de Futebol, junto aos clubes interessados.

Criada em 1994, como torneio de preparação para o Campeonato Estadual da Série A1, a Copa Pernambuco teve 18 edições e, durante esses anos, vários nomes de jogadores conhecidos do futebol estadual, como o atacante Gilberto, volante Memo, meia Natan e Renatinho (ex-Santa); Nildo, Gaúcho, Kássio, Kléber Santana (ex-Sport), além de Gideão, João Ananias, Rogério e Marcus Vinícius (Náutico), entre outros.

Disputada pela última vez, em 2012, a competição teve o Santa Cruz como campeão, diante do Porto de Caruaru/PE. Na Galeria dos Campeões, o Santa Cruz (2008, 2009, 2010 e 2012) e o Recife/Manchete (1996, 1997, 2000 e 2002) são os clubes com mais título: quatro, cada, O Sport soma três conquistas (1998, 2003 e 2007). 

Já o Vitória-PE (1995 e 2004), levantou dois títulos, enquanto Ypiranga (1994), Porto (1999), Central (2001), Salgueiro (2005) e Náutico (2011) foram campeões em uma edição, cada. 

DIRETORIA DO SPORT SEGUE SEM CONTATO COM MAGRÃO E DITA ‘PRAZO’ PARA GOLEIRO DAR NOTÍCIAS

Desde a última sexta-feira, em se tratando do Sport, o assunto é só um: ‘onde está Magrão?’ O goleiro ídolo do clube ainda não se reapresentou depois da pausa para a Copa América e o seu futuro no Leão é uma incógnita para todos. Fala-se na possibilidade do jogador antecipar sua aposentadoria e até de estar vivendo algum problema de saúde, porém, o único fato concreto confirmado pela instituição é o sumiço do atleta por um motivo ainda não revelado.

Durante todo este processo, a diretoria rubro-negra optou por não procurá-lo, esperando, assim, que a atitude partisse do próprio Magrão. Entretanto, se até esta terça-feira o goleiro não fizer contato com o Sport, os dirigentes do clube pretendem quebrar o silêncio. Em entrevista ao Superesportes, um deles, Nelo Campos, mencionou o “prazo”.
“A última vez que falamos com ele foi no dia do jogo contra o CRB. Quando terminar o feriado, vamos decidir: iremos atrás do atleta. Esse é o prazo. Se até amanhã ele não se pronunciar, vamos procurá-lo. Nós, gestores do clube, estaremos reunidos no Centro de Treinamento (CT) e trataremos desse assunto”, explicou. “Continuaremos optando por não trabalhar com suposições, mesmo achando a situação estranha, afinal, não é do perfil do Magrão desaparecer assim”, completou.
Apesar de não querer falar de suposições, a possibilidade de aposentadoria de Magrão é algo que a diretoria do Leão está levando em consideração. Se isso se confirmar, o clube pretende se movimentar para prestar homenagens ao ídolo do Sport. “Tem que existir homenagem, isso é certo. Garantido! Porém, diante desse cenário de dúvidas, ainda não sabemos que tipo de homenagem faríamos”, concluiu Nelo Campos.
Nesta terça-feira, o time treina no CT José de Andrade Médicis em dois horários: às 9h e às 15h. A grande expectativa é a presença do goleiro.


EQUIPE SHOW DE BOLA DA RÁDIO CULTURA EM MAIS UMA FINAL

Depois de fazer a final do pernambucano 2019, entre Sport X Náutico, na Ilha do Retiro, a equipe Show de Bola, da Rádio Cultura FM 92,9 de Serra Talhada, interior Pernambucano, segue para João Pessoa, lá, no Estádio Almeidão, a equipe irá transmitir a final do Copa do Nordeste, entre Botafogo – PB X Fortaleza, jogo marcado para esta quarta-feira, às 20h. Por dois anos consecutivos, o narrador Chico Silva, os repórteres Sebastião Costa e André Moraes, além do plantão Marcos Aurélio, vem trazendo as emoções do futebol pelo nordeste. Apoiado pela Direção da Rádio Cultura FM, a equipe está entre os comunicadores com maior audiência na região. Em última pesquisa, a rádio chegou a mais de 46%.

A equipe segue para a cidade onde o sol nasce primeiro. na quarta-feira pela manhã e já monta os equipamentos para mais uma grande transmissão, que tem rendido grande elogios de rádios de cidades vizinhas.

SPORT É PUNIDO POR ATRASO SALARIAL, PERDE TRÊS PONTOS E CAI UMA POSIÇÃO NA SÉRIE A DE 2018

Às vésperas de estrear na Série B, na próxima sexta-feira, contra o Oeste-SP, na Ilha do Retiro, o Sport foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva e perdeu mais uma posição no Campeonato Brasileiro do ano passado. Denunciado pelo meia Gabriel, atualmente no Kashiwa Reysol, do Japão, por atrasos salariais, o Leão foi punido com a perda de três pontos pela falta de fair play financeiro e ainda terá que pagar uma multa de R$ 4,5 mil. A decisão cabe recurso.

Com isso, os rubro-negros, que haviam sido rebaixados na 17ª colocação, com 42 pontos, caem para o 18º lugar, com 39 e são ultrapassados pelo América-MG, que somou 40. O Vasco foi o primeiro time fora da zona de rebaixamento, na 16ª colocação, com 43 pontos.
Gabriel denunciou o Sport em janeiro, com uma notícia de infração no STJD informando salários atrasados de agosto a dezembro do ano passado, o que segundo o jogador acarreta em uma dívida total de cerca de R$ 900 mil. O meia disputou 47 partidas pelo Sport no ano passado, sendo 33 pelo Brasileiro, e marcou seis gols.
O Sport é o segundo clube pernambucano punido no STJD por falta de fair play financeiro. O primeiro foi o Santa Cruz, na primeira punição do tipo no futebol brasileiro, em 2017. Na ocasião o tricolor também perdeu 3 pontos na classificação final da Série A de 2016 e ainda sofreu uma multa de R$ 30 mil devido aos salários atrasados.
No entanto, a punição não alterou a posição final do clube coral, que passou a somar 28 pontos, a mesma do América-MG, contudo se manteve na 19ª colocação por ter maior número de vitórias que o clube mineiro (8 x 7).

João de Andrade Neto /Superesportes – Foto: Peu Ricardo/DP

DEPUTADO DE SÃO PAULO APRESENTA PROJETO DE LEI QUE LIMITA TRANSEXUAIS NO ESPORTE

O Diário Oficial de São Paulo publica nesta terça-feira o projeto de lei 346, de autoria do deputado estadual Altair Moraes (PRB), que estabelece o sexo biológico como o único critério para definição do gênero de competidores em partidas esportivas oficiais no Estado de São Paulo. O projeto, que ainda vai a votação no plenário da Assembleia Legislativa de São Paulo, veta a participação de transexuais em qualquer modalidade em equipes que correspondam ao sexo oposto ao de nascimento.

O deputado estadual defende ainda que o clube que não cumprir a lei trans será multado em 50 salários mínimos. O projeto entrará em vigor 180 dias depois de aprovado.

Se aprovada, a medida vai impedir, por exemplo, a atuação da jogadora de vôlei Tiffany, que hoje defende o Bauru, semifinalista da Superliga Feminina. Na edição atual do torneio, o clube de Bauru (SP) disputa uma vaga na final diante do Praia Clube, de Uberlândia (MG).

Tiffany é o primeiro transexual a atuar na Superliga Feminina de Vôlei. Aos 33 anos, ela foi autorizada pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB, na sigla em inglês) a atuar na competição nacional após passar por cirurgia de mudança de sexo. Até os 31 anos, participou de várias edições do torneio masculino no Brasil, na Europa e na Ásia. Em 2017, assinou contrato com o Bauru.

A presença de Tiffany na Superliga é polêmica. No último dia 27, Bernardinho, técnico do Sesc-RJ, se irritou em um lance disputado com a atacante e disparou em direção ao banco de reservas: “Um homem, é foda!” Uma câmera flagrou o desabafo do treinador, criticado nas redes sociais pelo Angels Volley Brazil, equipe LGBT criada há 11 anos. “Transfóbicos e homofóbicos não vão passar sem serem apontados na nossa página! Pode ser até o papa do vôlei. Vamos desmascarar todos! Parabéns para o time feminino do Vôlei Bauru, mulheres incríveis que ganharam jogando por merecimento e sem nenhuma vantagem”, publicou o time em rede social. No dia seguinte, Bernardinho se desculpou.

Bruno Voloch, blogueiro do Estadão, escreveu no dia 5 de fevereiro que o movimento contra a jogadora cresceu recentemente. O movimento coincide que a melhoria do aproveitamento de Tiffany dentro da quadra nas fases finais do torneio. De acordo com Voloch, os clubes não vão se manifestar publicamente por causa dos patrocinadores, mas a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) já tem conhecimento da insatisfação da maioria deles.

No mês de janeiro, a ex-atleta Ana Paula Henkel, colunista do Estadão, publicou uma Carta Aberta ao Comitê Olímpico Internacional (COI). “Médicos já começam a se pronunciar sobre a evidente vantagem de atletas transexuais no esporte feminino e contestam a recomendação feita pelo COI de permitir atletas trans de competirem entre mulheres com apenas um ano com nível de testosterona baixo”.

 

Foto: Marcelo Ferrazoli/Vôlei Bauru – Estadão Conteúdo

SEPULTAMENTO DO CORPO DO JORNALISTA RAFAEL HENZEL SERÁ HOJE EM CHAPECÓ

O corpo do jornalista Rafael Henzel foi sepultado nesta quarta, às 16 horas, em Chapecó. Ele morreu aos 45 anos, após sofrer infarto quando disputava uma partida de futebol. O velório de Henzel foi realizado no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes, localizado no centro da cidade.
Henzel foi um dos sobreviventes do voo LaMia 2933, que levava jogadores, equipe técnica e convidados da Chapecoense à Colômbia, onde seria disputada – em novembro de 2016 – a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional.
Por meio de nota, a Associação Chapecoense de Futebol prestou homenagem ao jornalista, que narrava suas partidas.
Diante do ocorrido, o clube informou ter solicitado à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o adiamento da partida contra o Criciúma, pela Copa do Brasil, em consideração a “tudo que Henzel fez e representou para a Chapecoense, bem como por respeito aos familiares e amigos”.
Também devido à morte de Henzel, o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, decretou luto oficial de três dias na cidade.
Henzel nasceu em São Leopoldo (RS). A carreira de radialista teve início na Rádio Oeste Capital FM, quando tinha apenas 15 anos. Após passar por várias rádios e algumas TVs locais, iniciou as atividades na Rádio Oeste Capital. Foi comentarista da RBS TV durante a Copa Libertadores da América de 2017. Atualmente, Henzel era jornalista do Grupo Condá de Comunicação.
A experiência no acidente aéreo – que resultou em sete costelas quebradas, pneumonia, lesões e em uma internação de 20 dias, dez dos quais em uma Unidade de Tratamento Intensivo – levou o jornalista a escrever o livro Viva Como se Estivesse de Partida.
Foto: Sirli Freitas/Chapecoense – Por:Agência Brasil

MORRE EURICO MIRANDA, EX-PRESIDENTE DO VASCO

Um dos dirigentes mais marcantes do futebol nacional, Eurico Miranda faleceu na tarde desta terça-feira (12), vítima de câncer no cérebro. Aos 74 anos, o ex-presidente do Vasco morreu em um hospital da Barra da Tijuca, na Zona Oeste fluminense. Desde o ano passado, ele atuava como presidente do Conselho de Beneméritos do Vasco da Gama.

Eurico Miranda se encontrava debilitado desde o início de 2018. Antes da atual doença, o icônico dirigente já havia superado um câncer na bexiga e outro no pulmão. Sem conseguir andar, aderiu ao uso da cadeira de rodas, e passou a se tratar da doença que o levou a morte em sua residência, e com algumas idas ao médico.

No comando do clube carioca, Eurico foi presidente de 2003 a 2008 e de 2015 a 2017. Além de ter sido vice-presidente de futebol da instituição entre 1990 e 2002.

Completou 50 anos na vida política do Vasco em 2017 . Na oportunidade, disse que o esporte estava pior do que nos anos 1960 e colocou a culpa na profissionalização. “Vejo esses executivos que vão pulando de um clube para outro e não entendo. Não existe mais a ligação que existia antigamente. Você estava no clube por sentimento, por amor à instituição”, disse Eurico, responsável por montar grandes times vascaínos, como os que venceram os Brasileiros de 1989, 1997 e 2000, e a Libertadores de 1998.

Fora do esporte, o dirigente colecionou denúncias. Deputado federal por dois mandatos, o cartola admitiu que o pagamento de propina existe na política e no mundo do futebol. Mas garante que nunca se beneficiou. “Tenho certeza que para Bangu não vou”, referindo-se ao complexo penitenciário do Rio Na CPI do Futebol, concluída em 2001, o cartola foi indiciado por apropriação indébita do dinheiro do Vasco e falsidade ideológica por uso de “laranja” em desvios de recursos do clube. Ele rebate as acusações. “Aquilo foi uma briga política. Após a CPI, fui investigado pelo Ministério Público, pela Polícia Federal, mas o resultado quase ninguém publica. Fui absolvido em tudo”, defende-se o cartola.

Por: Yuri Teixeira, com agências/Foto: Paulo Fernandes/Vasco

PREFEITURA DE SERRA TALHADA INSTALA LUMINÁRIAS DE LED NOS EQUIPAMENTOS ESPORTIVOS DO MUNICÍPIO

A Prefeitura de Serra Talhada, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer, iniciou a instalação de luminárias de LED nos equipamentos esportivos do município.

Segundo o secretário de Esportes e Lazer, Ginclécio Oliviera, o primeiro equipamento contemplado foi a quadra esportiva do Bairro Bom Jesus. “Com o empenho do Prefeito Luciano Duque e da secretária de Finanças, Cibelli Almeida, levaremos à população uma melhor comodidade para a prática esportiva, além de economizarmos no consumo de energia elétrica”, destacou o secretário.

Somente na quadra esportiva do Bom Jesus serão instaladas 16 luminárias de LED. O serviço será estendido a todos os demais equipamentos esportivos.

1 2 3 5