FILIPE TOLEDO PERDE FINAL DA ETAPA DE BELLS BEACH PARA JOHN JOHN FLORENCE

Dono de dois títulos mundiais, John John Florence mostrou, mais uma vez, ser um dos grandes nomes do surfe na atualidade. Nesta sexta-feira, o havaiano superou o brasileiro Filipe Toledo na final da etapa de Bells Beach do Circuito Mundial, a segunda da temporada 2019, e assumiu a liderança do campeonato.

A disputa foi emocionante e vencida por Florence por 14,30 a 13,83. E o havaiano só pôde comemorar a conquista depois de encerrada a bateria final, ainda mais que nos últimos segundos Filipinho conseguiu surfar uma boa onda. Porém, a nota 5,90 foi insuficiente para lhe garantir o triunfo.

O brasileiro até começou na frente na final, conseguindo as notas 6,50 e 7,33. Porém, Florence deu o troco e obteve 6,67 e 7,63 na terceira e quarta ondas surfadas. E isso acabou sendo suficiente para lhe garantir a vitória, embora o suspense tenha durado até a última onda de Filipinho.

Antes, nas semifinais, o brasileiro havia triunfado em uma disputa bastante equilibrada com o australiano Ryan Callinan, derrotado por 13,40 a 12,84. Já Florence havia derrotado o sul-africano Jordy Smith.

Com a vitória, Florence assumiu a liderança do ranking com 16.085 pontos, deixando para trás Italo Ferreira, que havia vencido a etapa de abertura do campeonato na Gold Coast e agora parou nas quartas de final, chegando aos 14.745. Smith é o terceiro colocado, com 12.170. E logo depois, na quarta e quinta posições estão os brasileiros Filipinho, com 11.120, e Gabriel Medina, com 9.490.

A próxima etapa do Circuito Mundial será a de Bali, com previsão de realização entre os dias 13 e 25 de maio. Italo foi o campeão do evento em 2018.

 

Estadão Conteúdo – Foto: AFP / WILLIAM WEST

TÉCNICO DO SPORT CULPA FALTA DE RITMO DE JOGO DO TIME POR TROPEÇO NA ESTREIA DA SÉRIE B

Nem muita lamentação e muito menos raiva. O sentimento do técnico Guto Ferreira após o empate do Sport por 1 a 1 com o Oeste na Ilha do Retiro, na estreia na Série B, foi de resignação. Isso porque, na avaliação do treinador, o Leão ainda vem pagando por uma maior falta de ritmo de jogo e competitividade na temporada.
Essa foi apenas a 15ª partida do Sport no ano e o time entrou em campo com quatro desfalques, com as ausências dos laterais Norberto e Sander, além dos atacantes Guilherme e Luan, todos com problemas físicos.
“Acho que no primeiro tempo começamos bem, mas faltou força no último lance dentro da área. Ainda assim tivemos dois ou três lances de perigo. Com as entradas de Juninho e Leandrinho (no segundo tempo) nós chegamos mais fortes com o Ezequiel começando a fazer diferença. Fizemos o gol e tivemos pelo menos mais quatro lances. E eles deram apenas dois chutes”, destacou.
“O detalhe é que temos um plantel de qualidade, mas que precisa ganhar lastro e ritmo. Quem está sobrando são os jogadores que estavam atuando no ano passado. Caso do Hernane, do Adryelson, o Raul Prata, o Norberto, o Luan. Já os que não jogaram ou atuaram pouco são os que estão tendo mais dificuldade. Esses atletas vêm crescendo. Caso do Ezequiel, do Leandrinho, Guilherme, Ronaldo, Charles. Esse vem se superando. Falta o lastro. O ritmo que a competição vai acabar dando. Lamento o gol no fim. Não fizemos uma partida brilhante. Mas fizemos uma partida boa”, completou.
Dentro desse pensamento, o treinador explicou que a opção pela escalação do meia Sammir como titular foi justamente para dar mais ritmo ao atleta, que tinha disputado apenas duas partidas pelo clube, com um total de 60 minutos em campo.
“Para ter plantel é preciso dar ritmo. Temos jogadores importantes que temos que colocar para atuar, mas sabendo que o rendimento deles pode ser parcial. Acho até que o Sammir me surpreendeu positivamente. Eu esperava menos. E ele precisa jogar mais. Sempre que tiver amistosos eu vou colocar para atuar para que ele possa a vir a ter ritmo e intensidade. Não é so treinar. É jogar para ganhar lastro”, concluiu.
O Sport agora terá dez dias até a próxima rodada da Série B, quando enfrenta o Bragantino, fora de casa, no dia 6 de maio.

 

João de Andrade Neto /Superesportes – Foto: Peu Ricardo/DP)

JUVENTUS ESTUDA CEDER JOGADORES AO BENFICA PARA CONTRATAR A REVELAÇÃO JOÃO FÉLIX

Com a temporada europeia chegando ao fim e a janela de transferências se aproximando, os principais clubes do velho continente começam a voltar suas atenções para Portugal de olho em um jogador: João Félix. Grande promessa do Benfica, o jovem luso desperta o interesse de diversas equipes, entre elas a Juventus, que não deve medir esforços para firmar a contratação.
De acordo com o jornal italiano Tuttosport, a negociação entre Juventus e Benfica, que se estende desde as últimas semanas, ganhou um novo aspecto por uma tentativa que pode se desenhar de sucesso por parte do clube italiano. A fim de diluir a pedida dos encarnados de 120 milhões de euros (cerca de R$ 531,1 milhões), valor da multa rescisória de Félix, a Vecchia Signora deve envolver jogadores na negociação.
Ao que tudo indica, três brasileiros e um português estão entre os candidatos a servirem de “moeda de troca”. O lateral-esquerdo brasileiro Rogério, emprestado ao Sassuolo, puxa a fila, seguido pelo jovem Matheus Pereira, ex-Corinthians, e Lucas Rosa, além do zagueiro luso João Serrão.
A Juventus, porém, não deve ser a única equipe a correr por João Félix. Depois de uma atuação de gala recente pela Liga Europa, em que marcou três gols, o meia-atacante passou a ser ainda mais abordado, fazendo com que o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, afirmasse que a ideia é não negociar ninguém.

Gazeta Press – Foto: PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP

SPORT É PUNIDO POR ATRASO SALARIAL, PERDE TRÊS PONTOS E CAI UMA POSIÇÃO NA SÉRIE A DE 2018

Às vésperas de estrear na Série B, na próxima sexta-feira, contra o Oeste-SP, na Ilha do Retiro, o Sport foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva e perdeu mais uma posição no Campeonato Brasileiro do ano passado. Denunciado pelo meia Gabriel, atualmente no Kashiwa Reysol, do Japão, por atrasos salariais, o Leão foi punido com a perda de três pontos pela falta de fair play financeiro e ainda terá que pagar uma multa de R$ 4,5 mil. A decisão cabe recurso.

Com isso, os rubro-negros, que haviam sido rebaixados na 17ª colocação, com 42 pontos, caem para o 18º lugar, com 39 e são ultrapassados pelo América-MG, que somou 40. O Vasco foi o primeiro time fora da zona de rebaixamento, na 16ª colocação, com 43 pontos.
Gabriel denunciou o Sport em janeiro, com uma notícia de infração no STJD informando salários atrasados de agosto a dezembro do ano passado, o que segundo o jogador acarreta em uma dívida total de cerca de R$ 900 mil. O meia disputou 47 partidas pelo Sport no ano passado, sendo 33 pelo Brasileiro, e marcou seis gols.
O Sport é o segundo clube pernambucano punido no STJD por falta de fair play financeiro. O primeiro foi o Santa Cruz, na primeira punição do tipo no futebol brasileiro, em 2017. Na ocasião o tricolor também perdeu 3 pontos na classificação final da Série A de 2016 e ainda sofreu uma multa de R$ 30 mil devido aos salários atrasados.
No entanto, a punição não alterou a posição final do clube coral, que passou a somar 28 pontos, a mesma do América-MG, contudo se manteve na 19ª colocação por ter maior número de vitórias que o clube mineiro (8 x 7).

João de Andrade Neto /Superesportes – Foto: Peu Ricardo/DP

PARA ESTREIA DO SPORT NA SÉRIE B, GUTO AVALIA RIVAL E ADMITE POSSIBILIDADE DE SAMMIR TITULAR

No Sport, o Campeonato Brasileiro já começa nesta sexta-feira, quando estreia na Série B contra o Oeste, na Ilha do Retiro. O clima entre diretoria, comissão técnica e jogadores é de foco total e ambição pelo retorno à divisão de elite do futebol nacional. Portanto, quando a bola rolar, a luta começa. Para esta primeira partida o treinador rubro-negro Guto Ferreira, embora tenha feito mistério com relação à equipe que entrará em campo, deu indicativos de que o meia Sammir poderá fazer sua estreia como titular. Além disso, fez um “parecer” sobre o que os analistas do clube repassaram a ele com relação ao adversário paulista.

“Existe possibilidade de Sammir, existe possibilidade de Guilherme. O primeiro pode ser titular, mas ainda não tem condições de jogar os 90 minutos. Possibilidades existem. Se o torcedor estiver com dúvidas e quiser matar essa ansiedade, venha amanhã para a Ilha. Só assim saberá”, declarou Guto.
E já focado na partida desta sexta-feira, o técnico já está ciente das principais características do rival. “O time do Oeste disputou a reta final da Taça do Interior (SP). Foi uma equipe que competiu bem e, embora não tenha classificado, é bastante experiente, conta com muitos jogadores na faixa dos 29 a 32 anos, que já rodaram bem pelo Campeonato Brasileiro”, destacou. “Eles têm na figura do Mazinho o principal jogador ofensivamente, que tem qualidade para fazer diferença. É uma equipe de transição rápida e que tende a estar bem condicionada pelos preparadores físicos que tem. O parecer acaba aqui porque se eu continuar, vou começar a entregar demais”, justificou o comandante do Leão.

Caso Adryelson

Este início de semana foi bastante movimentado para o Sport, principalmente no que envolveu o zagueiro prata da casa Adryelson. O atleta já deixou claro que quer deixar o clube e a diretoria rubro-negra busca a melhor forma de negociá-lo. Apesar da possibilidade iminente de saída, Guto deixa claro que vai contar com o atleta até que ele não tenha mais vínculo com o Leão.
“Até que eu receba um posicionamento da direção, ele é atleta normal do plantel. Por isso, continua com possibilidades de continuar sendo utilizado como já vem sendo. Por enquanto, não há nada. O grande detalhe do futebol entre clube e imprensa são as suposições, mas não podemos trabalhar em cima delas. Internamente, até podemos de forma pontual no nosso planejamento, mas não sempre. Porque as coisas mudam muito rápido. O que de fato existe é a realidade e trabalharemos dentro dela: Adryelson no Sport”, enfatizou.

Treino

A última preparação do Sport para a estreia na Série B aconteceu nesta quinta-feira na Ilha do Retiro. Por opção estratégica, Guto Ferreira fechou o treino à imprensa, que teve acesso apenas ao aquecimento do grupo. A novidade ficou por conta de Guilherme, que retornou às movimentações com bola depois de ter se ausentado ontem se queixando de dores na lombar. Jogador deve ser titular. Com isso, a provável escalação do Rubro-negro é Maílson; Raul Prata, Adryelson,Thyere e Guilherme Lazaroni; Charles, Sammir e Ronaldo; Ezequiel, Hernane Brocador e Guilherme.

Sander e Luan são desfalques confirmados. Ambos estão lesionados. Norberto precisou tratar de problemas pessoais tanto no treino de ontem, quanto no de hoje e, portanto, também é dúvida para o duelo.

Laís Leon /Especial para o Diario

AFOGADOS ESTÁ NA COPA DO BRASIL !

O Afogados da Ingazeira fez história. Na noite de ontem, no estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro, a coruja do sertão garantiu a vaga para a Copa do Brasil 2020, ao vencer o time da casa por 3 x 2. Em jogo muito disputado, o Carcará recebeu a Coruja, e já no primeiro tempo muita emoção. O jogo valia uma vaga para um dos campeonatos mais rentáveis do Brasil, o vencedor colocava nos cofres, R$ 525,000,00. A partida seguia para as penalidades máximas, porém, Grafite, aos 41 do segundo tempo marcou o gol da vitória, e colocou o Afogados na História do futebol brasileiro. O Afogados é o clube mais novo na competição nacional em 2020, com uma administração sólida, pé no chão, o clube do sertão de Pernambuco, distante mais de 500 Km da capital Recife, vem ganhando notoriedade no cenário do futebol. Ficou entre os quatro clubes mais bem colocados no Pernambucano 2019, que lhe valeu uma vaga na série D, 3º colocado na competição, que garantiu a vaga na copa do Brasil e a permanência na série A1 do estadual. Durante essa semana, vamos contar um pouco do Afogados da Ingazeira.

NÁUTICO NA FINAL DO PERNAMBUCANO

O Náutico está na final do Campeonato Pernambucano. Mas não sem polêmica. Em jogo marcado por críticas à arbitragem, o Timbu venceu o Afogados por 2 a 0 na semifinal, dentro dos Aflitos, nesta quarta-feira, e espera o vencer de Sport e Salgueiro. O primeiro gol, irregular, foi marcado por Luiz Henrique. Assis foi o autor do segundo. Entre els, Odilávio teve um gol legal mal anulado – e o zagueiro Márcio, do time sertanejo, foi expulso de forma contestada pelos visitantes.

O Afogados está eliminado do Campeonato Pernambucano e, agora, só joga na Série D. Já o Náutico, finalista, espera o vencedor de Sport x Salgueiro, que jogam no próximo domingo. Antes disso, no sábado, a equipe visita o Ceará pelas quartas da Copa do Nordeste (próximo sábado).

A arbitragem, comandada por Gilberto Castro Júnior, foi um assunto à parte do jogo. Além dos dois gols do Náutico que tiveram marcação errada, o juiz ainda expulsou o zagueiro Márcio, do Afogados, em lance muito contestado pelos sertanejos.

Público: 11.962 Renda: R$ 155.887,00

 

Por: GE

JUDOCA DE PETROLINA É TETRACAMPEÃ NO CAMPEONATO BRASILEIRO REGIONAL DE JUDÔ

A judoca petrolinense Cynthia Silva foi tetracampeã no Campeonato Brasileiro Regional de Judô, realizado nos dias 30 e 31 de março em João Pessoa (PB). Recentemente, a atleta ficou em sétimo lugar no Pan-Americano de Lima, no Peru, realizado no início deste mês.

Satisfeita com o resultado, Cynthia comemorou uma vitória além do pódio, pois, além de conquistar o título de campeã, também celebrou o fato de não ter cometido erros antigos na competição.

– Foi muito bom ser campeã brasileira pela quarta vez. Venho de umas competições em que cometi alguns erros, e nessa foquei em não cometê-los. Então, o resultado veio e foi ótimo porque também ajudei meu estado a ser campeão geral do brasileiro.

Com o resultado, Cynthia garante pontos para o ranking nacional, além de uma vaga na fase final do Campeonato Brasileiro de Judô.

Por Globoesporte.com — Petrolina, PE – Foto: Cynthia Silva / Arquivo pessoal

DEPUTADO DE SÃO PAULO APRESENTA PROJETO DE LEI QUE LIMITA TRANSEXUAIS NO ESPORTE

O Diário Oficial de São Paulo publica nesta terça-feira o projeto de lei 346, de autoria do deputado estadual Altair Moraes (PRB), que estabelece o sexo biológico como o único critério para definição do gênero de competidores em partidas esportivas oficiais no Estado de São Paulo. O projeto, que ainda vai a votação no plenário da Assembleia Legislativa de São Paulo, veta a participação de transexuais em qualquer modalidade em equipes que correspondam ao sexo oposto ao de nascimento.

O deputado estadual defende ainda que o clube que não cumprir a lei trans será multado em 50 salários mínimos. O projeto entrará em vigor 180 dias depois de aprovado.

Se aprovada, a medida vai impedir, por exemplo, a atuação da jogadora de vôlei Tiffany, que hoje defende o Bauru, semifinalista da Superliga Feminina. Na edição atual do torneio, o clube de Bauru (SP) disputa uma vaga na final diante do Praia Clube, de Uberlândia (MG).

Tiffany é o primeiro transexual a atuar na Superliga Feminina de Vôlei. Aos 33 anos, ela foi autorizada pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB, na sigla em inglês) a atuar na competição nacional após passar por cirurgia de mudança de sexo. Até os 31 anos, participou de várias edições do torneio masculino no Brasil, na Europa e na Ásia. Em 2017, assinou contrato com o Bauru.

A presença de Tiffany na Superliga é polêmica. No último dia 27, Bernardinho, técnico do Sesc-RJ, se irritou em um lance disputado com a atacante e disparou em direção ao banco de reservas: “Um homem, é foda!” Uma câmera flagrou o desabafo do treinador, criticado nas redes sociais pelo Angels Volley Brazil, equipe LGBT criada há 11 anos. “Transfóbicos e homofóbicos não vão passar sem serem apontados na nossa página! Pode ser até o papa do vôlei. Vamos desmascarar todos! Parabéns para o time feminino do Vôlei Bauru, mulheres incríveis que ganharam jogando por merecimento e sem nenhuma vantagem”, publicou o time em rede social. No dia seguinte, Bernardinho se desculpou.

Bruno Voloch, blogueiro do Estadão, escreveu no dia 5 de fevereiro que o movimento contra a jogadora cresceu recentemente. O movimento coincide que a melhoria do aproveitamento de Tiffany dentro da quadra nas fases finais do torneio. De acordo com Voloch, os clubes não vão se manifestar publicamente por causa dos patrocinadores, mas a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) já tem conhecimento da insatisfação da maioria deles.

No mês de janeiro, a ex-atleta Ana Paula Henkel, colunista do Estadão, publicou uma Carta Aberta ao Comitê Olímpico Internacional (COI). “Médicos já começam a se pronunciar sobre a evidente vantagem de atletas transexuais no esporte feminino e contestam a recomendação feita pelo COI de permitir atletas trans de competirem entre mulheres com apenas um ano com nível de testosterona baixo”.

 

Foto: Marcelo Ferrazoli/Vôlei Bauru – Estadão Conteúdo

DE OLHO NA PRÓXIMA TEMPORADA, ZIDANE QUER A PERMANÊNCIA DE VARANE NO REAL MADRID

De volta ao Real Madrid há pouco menos de um mês, Zinedine Zidane já bateu o pé e quer a permanência do zagueiro Raphael Varane para a próxima temporada. Nesta terça-feira, o técnico do clube espanhol deixou bem claro a sua ideia. “Não quero um Real Madrid sem Varane”, afirmou o francês perante as notícias que rodeiam uma possível transferência de seu compatriota nas últimas semanas. “É um jogador jovem que ainda têm muitos anos bons”, acrescentou.

Zidane disse que Varane não lhe comunicou o seu desejo de sair do Real Madrid, afirmando que esse é o ponto chave caso o zagueiro queira realmente deixar o clube. “O Varane não disse nada disso e quero que fique. Saem muitas coisas dizendo que está incomodado, mas são coisas da vida dos jogadores. Eu o vejo bem, para mim não me disse nada e o importante é o que diga a mim. Por enquanto sabe que está no melhor clube do mundo e ganhou muitíssimas coisas”, revelou.
Com o Real Madrid fora da disputa dos títulos mais importantes – foi eliminado da Liga dos Campeões da Europa e da Copa do Rei e está 12 pontos atrás do líder Barcelona no Campeonato Espanhol -, as especulações sobre mudanças no elenco aumentaram. Sobre isso, Zidane preferiu não fazer qualquer comentário. “Acho uma falta de respeito falar sobre transferências agora, pois não é o momento certo para falar de mercado”, disse.

Um nome comentado para reforçar o Real Madrid é o do zagueiro senegalês Kalidou Koulibaly, do Napoli. Nascido na França, o defensor não ocupa uma vaga de extracomunitário e seria um desejo antigo de Zidane. Na Itália, ele se tornou um dos grandes defensores do futebol europeu e seus direitos estariam estimados em 70 milhões de euros (cerca de R$ 300 milhões). Mas seu contrato com o time napolitano vai até 2023 e a sua multa rescisória é ainda maior que o valor de mercado: cerca de 150 milhões de euros (mais de R$ 650 milhões).

Nesta quarta-feira, o Real Madrid volta a campo para enfrentar o Valencia, no estádio Mestalla, em Valência, pela 30.ª rodada do Campeonato Espanhol.

Foto: GABRIEL BOUYS /AFP –  Estadão Conteúdo
1 2 3 44