GABRIEL É HERÓI, FLAMENGO VIRA SOBRE O RIVER NO FIM E É CAMPEÃO DA LIBERTADORES

Campeão da Copa Libertadores em 1981, o Flamengo finalmente conquistou seu bicampeonato do torneio continental. De forma dramática, o time brasileiro virou sobre o River Plate nos acréscimos do segundo tempo, com dois gols do atacante Gabriel, e venceu por 2 a 1 no Estádio Monumental de Lima, no Peru, neste sábado. O atacante colombiano Rafael Borré fez o gol do time argentino.

O jogo começou com protagonismo ofensivo do Flamengo, que tomou a iniciativa e marcou presença no campo adversário. O River, porém, manteve a linha de defesa sólida e resistiu à pressão nos minutos iniciais. 
Bem na marcação e objetivo no contra-ataque, o time argentino foi traiçoeiro e surpreendeu aos 15 minutos: Nacho Fernández cruzou rasteiro da direita, Arão e Gerson não cortaram e Borré apareceu livre para bater o goleiro Diego Alves.
Depois do 1 a 0, o Flamengo seguiu com mais posse de bola, mas o River manteve a solidez defensiva e passou a levar mais perigo, criando boa chance com De La Cruz, que não concluiu. 

Pouco depois, Gerson acusou dores e foi substituído por Diego. E o River voltou a assustar: aos 21, Suárez recebeu dentro da área, livre, e cruzou rasteiro. Marí se esticou todo para cortar o perigo. Logo após, chute perigoso de Fernández.
A partida seguiu tensa e o Flamengo voltou a ter uma boa oportunidade aos 30 minutos: Diego tocou para Gabriel, que rolou para Éverton Ribeiro cruzar em direção a Arrascaeta, que errou o voleio. No rebote, Diego isolou.
Nos minutos finais, o time brasileiro foi para o ‘abafa’ e levou perigo com Gabriel, que teve bom passe para Bruno Henrique interceptado. Corte providencial para o River. O time argentino, porém, sucumbiria logo na sequência.
Aos 43, Bruno Henrique achou Arrascaeta dentro da área. O uruguaio cruzou rasteiro e achou Gabriel livre. O atacante só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo das rede. E ele não parou por aí.
Três minutos depois, após lançamento, o camisa nove levou a melhor sobre o zagueiro Pinola e soltou a bomba de pé esquerdo para virar o jogo. Gabriel ainda seria expulso em confusão no fim da partida, mas isso não impediu o título dramático do Flamengo, campeão da Libertadores 38 anos depois.

Agência Estado (Foto: Ernesto Benavides/AFP)

COM APENAS 13 ATLETAS COM CONTRATO PARA 2020, SPORT AGENDA DATA PARA INICIAR RENOVAÇÕES

A festa pelo acesso para a Série A de 2020 começará a dar espaço a um período de muita conversas e ligações no Sport. A partir da próxima segunda-feira, o clube rubro-negro pretende intensificar o planejamento para a próxima temporada. E isso passa necessariamente nas renovações de contratos de jogadores e do técnico Guto Ferreira. Para se ter uma ideia, do time titular que entrou em campo contra a Ponte Preta e garantiu o acesso na última quarta-feira, apenas o goleiro Luan Polli, zagueiro Eder, o volante Marcão e o atacante Elton tem contrato para o próximo ano. 

“Já temos algumas conversas prévias, mas nos demos dois dias de folga – sábado e domingo – e segunda-feira é que vamos começar a colocar em prática. Qualquer coisa que eu falar agora pode atrapalhar. Não posso adiantar nada. Já tivemos algumas conversas prévias, lógico, mas nosso foco era o acesso. E a definição final será na reunião de segunda-feira”, garantiu o diretor de futebol do Sport, Nelo Campos.
Mas a renovação de contratos passará, primeiramente, por a permanência ou não do técnico Guto Ferreira. Há, entretanto, um interesse mútuo entre as partes que leva a uma sinalização por renovação. 
“Já tivemos algumas conversas prévias e já temos coisas alinhadas. Mas tanto o foco dele como o nosso sempre foi o acesso. Tanto ele mesmo fez questão de firmar isso. E a confiança que existe entre ambas as partes nos deu a tranquilidade para trabalhar sem desespero e estamos trabalhando sem desespero. Então ele vai descansar esse final de semana e a gente também vai descansar. E a partir de segunda-feira vamos traçar, não só a questão financeira, que ele mesmo já deixou claro que o financeiro não é tudo, e traçar o projeto para 2020 e daí vai começar a renovação final dele”, explicou Nelo.

Por: Anderson Malagutti

PEDRO MANTA É APRESENTADO NO AFOGADOS

O técnico Pedro Manta está de volta ao Afogados da Ingazeira, para o Pernambucano A1 em 2020. A apresentação foi na última quarta-feira na loja da Coruja do Sertão. Além de Diretores, se fizeram presentes as torcidas organizadas, Afogados Chope e Torcida Jovem, além da imprensa do Pajeú com as Rádios, Afogados FM, Pajeú FM e Rádio Cultura FM de Serra Talhada.

Na apresentação, Pedro Manta falou das dificuldades que vem pela frente, pois são várias competições ao mesmo tempo e requer um maior planejamento. Pedro Manta pretende trabalhar com 25 atletas e vai se reunir com a diretoria em busca de solução, uma vez quê, com uma folha de pagamento no limite, a estratégia é buscar nomes conhecidos da região. Manta falou ainda, do formato da competição que será mais difícil com a chagada do Ratrô e também com um Náutico embalado com o campeonato da série C.

A apresentação dos atletas está prevista para o dia 16 de dezembro e vai contar com uma solenidade, como nos anos anteriores. Os diretores Ênio Amorim e Márcio, também participaram e falaram das expectativas para temporada, que para eles já começou. A equipe vai participar do Pernambucano A1, Copa do Brasil e Série D do Brasileirão.