SALGUEIRO EMPRESTA ATACANTE DANIEL PASSIRA PARA O MIXTO-MT E ENCAMINHA MONTAGEM DO ELENCO PARA 2020

O Salgueiro acertou o empréstimo do atacante Daniel Passira para a equipe do Mixto. O jogador de 23 anos vai passar três meses no time mato-grossense, onde disputará a Copa FMF, torneio que garante vaga na Copa do Brasil 2020. De acordo com o diretor de futebol do Carcará, Carlos José de Araújo, o empréstimo vai ser bom para dar mais experiência ao atleta, que em 2018 foi o artilheiro da Série A2 do Pernambucano.

– Essa competição vai ser boa para ele porque vai disputar com Cuiabá, Luverdense, Operário, com os times que têm perspectivas boas lá. Depois ele retorna para o Pernambucano com a gente. É um jogador que é investimento do clube, promissor, que teve uma passagem boa pelo Centro Limoeirense e na chegada ao Salgueiro ele desenvolveu muito nos treinamentos com Daniel Neri. É um jogador que Daniel puxou muito nos treinamentos. É um jogador que nós temos uma perspectiva muito grande – afirma Carlos José.

Mesmo com o Salgueiro longe das competições oficiais desde de junho, quando saiu na segunda fase da Série D, Carlos José garante que a diretoria do clube não está parada. A intenção, segundo o dirigente, é adiantar o planejamento da equipe para a próxima temporada.

– A gente conseguiu deixar alguns jogadores com perspectiva para 2020, que é o caso do César Tanaka, que renovamos, o Sinho e o Dadinha, na lateral-direita, o Ranieri vai continuar com a gente, o Hamilton, que é uma revelação do juniores, vai jogar essa competição do juniores, mas vai integrar o departamento profissional. Conseguimos renovar com Bruno. Renato, Willian Anicete e João Paulo continuam com a gente, o Daniel que a gente está emprestando, mas vai continuar com a gente, o Wallace. São jogadores que estão certo com o Salgueiro, mas vamos tentar renovar o máximo com o pessoal que disputou esse ano para tentar fortalecer ainda mais a equipe para disputar o Pernambucano 2020.

Por Emerson Rocha — Salgueiro, PE / Foto: Emerson Rocha

BRUSQUE VENCE O ITUANO NOS PÊNALTIS E AVANÇA À FINAL DA SÉRIE D

Foi na emoção dos pênaltis que o Brusque carimbou a vaga para a grande decisão da Série D! Neste domingo (4), no Augustou Bauer, a equipe catarinense venceu o Ituano no tempo normal por 2 a 0 e devolveu a derrota sofrida no primeiro jogo. Com o resultado, a partida se encaminhou para as penalidades e mais uma vez o time da casa levou a melhor, com um triunfo por 4 a 3.

Na final da competição, o Brusque terá pela frente o Manaus, que eliminou o Jacuipense no último sábado.

O jogo

Precisando da vitória depois de perder o primeiro jogo por 2 a 0, o Brusque dominou o primeiro tempo da partida. O bombardeio do time da casa começou aos cinco minutos de bola rolando. Jeferson Renan arriscou o chute e Pegorari evitou o gol. Dois minutos depois, o goleiro do Ituano fez mais uma grande defesa após finalização de Thiago Alagoano. Aos dez, Jeferson Renan teve nova chance e novamente Pegorari salvou o time paulista. Na marca dos 17, os catarinenses enfim abriram o placar no Augusto Bauer. Airton fez cruzamento, Fio subiu mais que a marcação e mandou para o fundo das redes: 1 a 0. A partir daí o ritmo do confronto diminuiu. Minutos antes do intervalo, o Ituano chegou pela primeira vez em cobrança de falta de Corrêa.

Na volta do intervalo, o Brusque seguiu pressionando. Aos sete, após cobrança de escanteio, Junior Pirambu cabeceou com perigo. Dez minutos depois saiu o segundo do time da casa. Thiago Alagoano recebeu bom passe, ficou de frente para o gol e bateu colocado sem dar chances para o goleiro do Ituano. Aos 31, os catarinenses tiveram ótima chance de ampliar, mas Pegorari, em dia inspirado, defendeu a cobrança de pênalti de Junior Pirambu. Três minutos depois, foi a vez do Ituano assustar. Após bola alçada na área, Adilson testou firme para boa defesa de Dida. Sem mais bola na rede a partida se encaminhou para as penalidades. Nas cobranças, Thiago Alagoano, Airton, Thiago Henrique e Zé Matheus converteram para o Brusque, que também contou com uma defesa do goleiro Dida para carimbar a vaga para decisão da Série D.

CBF/ Foto: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

RODADA EQUILIBRADA DA SÉRIE A2 DO PERNAMBUCANO

A segunda rodada do Campeonato Pernambucano Série A2. Neste último fim de semana, quatro partidas foram realizadas, quem levou vantagem foi a equipe do Porto, de Caruaru. O 1º de Maio, jogando em casa contra o Ipojuca, fez sua parte, venceu a equipe da zona da mata sul do estado por 2 X 1. Com o resultado a equipe de Petrolina, única representante do Sertão pernambucano, somou seus primeiros 3 pontos, respirando melhor na competição. Com esse placar o 1 º de Maio assumiu a 4ª colocação com 3 pontos.

Em Limoeiro, no Estádio José Vareda, o Centro Limoeirense empatou com o Íbis em 0 X 0 em jogo bastante movimentado, e com uma presença de torcedores que surpreendeu aos dirigentes, porém, não foi suficiente para tirar o Centro da zona de rebaixamento. Com apenas um ponto em dois jogos, o Centro Limoeirense está na 7ª colocação na tabela de classificação.

No sábado, na abertura da rodada, o Vera Cruz enfrentou o Porto na Arena de Pernambuco. Sem gols, a partida terminou em 0 X 0, o Porto permanece na 1ª colocação com quatro pontos, mesma pontuação de Decisão e Íbis, mas o time de Caruaru leva vantagem no saldo de gols.

Na Arena de Pernambuco, Estádio de Copa do Mundo, que vem sendo muito utilizado por vários jogos do Pernambucano a2, futebol feminino, série c e série b, o Retrô enfrentou a equipe do Decisão, de Bonito. A equipe do Retrô, vencia até os 47, quando aos 48 do segundo tempo o Decisão empatou. O Retrô soma

dois pontos em dois jogos. Com maior investimento da competição a equipe do Retrô está na 5ª colocação com 2 pontos.

A classificação do campeonato está assim;

1º Porto com 4 pontos

2º Decisão com 4 pontos

3º Íbis com 4 pontos

4º 1º de Maio com 3 pontos

5º Retrô com 2 pontos

6º Vera Cruz com 2 pontos

7º Centro Limoeirense com 1 ponto

8º Ipojuca com 0 ponto

Sebastião Costa – Foto/ Emerson Rocha