CONMEBOL DIVULGA EQUIPE IDEAL DA COPA AMÉRICA

A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) divulgou nesta terça-feira (9) a equipe ideal da Copa América, cujo título acabou ficando com a Seleção Brasileira. Como não poderia deixar de ser, o time comandado pelo técnico Tite foi o que mais emplacou nomes na formação ideal: Alisson, Daniel Alves, Thiago Silva, Arthur e Everton Cebolinha.

A escolha dos atletas foi feita pelo Grupo de Estudo Técnico da Conmebol. A equipe é formada por Alisson; Daniel Alves, Gimenez-URU, Thiago Silva e Trauco-PER; Arthur, Leandro Paredes-ARG e Arturo Vidal-CHI; James Rodríguez-COL, Paolo Guerrero-PER e Everton Cebolinha.

O zagueiro Gimenez, do Atlético de Madri, foi um dos destaques do Uruguai na primeira fase do torneio. Já o lateral esquerdo peruano Trauco foi peça importante na caminhada de sua seleção rumo à final.
No meio-campo, Paredes, que deu equilíbrio defensivo à seleção argentina, foi eleito junto a Vidal, meia chileno que teve boas atuações até a disputa de terceiro lugar contra a Argentina.

Completam a lista o colombiano James Rodríguez, que foi o líder da Colômbia no torneio, e o atacante peruano Paolo Guerrero, que terminou empatado com Everton Cebolinha na artilharia da competição, com três gols.

Por: FolhaPress

SERRANO COMEÇA A PREPARAR A BASE

A equipe do Serrano, de Serra Talhada, depois de ficar de fora do Pernambucano da Série A2 em 2019, volta as atenções para o sub 20. Os trabalhos já começaram e a comissão técnica trabalha a todo vapor. Com nova administração, agora no comando de Marcos Aurélio, que vem investindo forte no clube, o Serrano começa a preparar jogadores para a Série A2 de 2020. Segundo Ed Lima, Diretor de Futebol, o Serrano vem trabalhando forte na base, que será um dos pilares dessa nova fase. Tradicional na capital do xaxado, o Serrano conquistou o amor dos torcedores depois de grandes apresentações no pernambucano. Com 70% dos torcedores da cidade, o Serrano vai em busca do título do sub 20, e assim começar a construir uma trajetória de sucesso. Os jogos do Jumento de Aço, como é conhecido no estado, será no Estádio Nildo Pereira de Menezes, o Pereirão. O campo passa por reformas, mas tudo indica que estará pronto para os mandos de campo. O sub 20 do Serrano tá no Grupo A juntamente com Salgueiro, Petrolina, Ypiranga. A competição tem data prevista para iniciar em agosto.

FPF CONFIRMA RETORNO DA COPA PERNAMBUCO

Nesta terça-feira (9), a Federação Pernambucana de Futebol confirmou o retorno da Copa Pernambuco ao calendário do futebol estadual. A competição tem início previsto para o mês de agosto e as inscrições começam, a partir desta quarta-feira (10).

O presidente da FPF, Evandro Carvalho, comentou sobre o objetivo e a importância da competição voltar a fazer parte do calendário do futebol profissional pernambucano. “Como gestora do futebol pernambucano, a Federação Pernambucana de Futebol sempre estará buscando defender os interesses dos filiados. Por isso, a volta da Copa Pernambuco tempo por objetivo valorizar os nossos clubes, principalmente, os do Interior, fazendo com que estejam em atividade no segundo semestre, quando alguns já encerraram a participação em competições da CBF e, outros, não estarão disputando a Série A2 do estadual”, declarou.

Segundo o Diretor de Competições, Murilo Falcão, poderão participar desta edição, clubes profissionais filiados à FPF e em dia com as suas obrigações estatutárias. Os clubes deverão enviar ofício à FPF formalizando o pedido de participação. Mais informações serão repassadas pela DCO da Federação Pernambucana de Futebol, junto aos clubes interessados.

Criada em 1994, como torneio de preparação para o Campeonato Estadual da Série A1, a Copa Pernambuco teve 18 edições e, durante esses anos, vários nomes de jogadores conhecidos do futebol estadual, como o atacante Gilberto, volante Memo, meia Natan e Renatinho (ex-Santa); Nildo, Gaúcho, Kássio, Kléber Santana (ex-Sport), além de Gideão, João Ananias, Rogério e Marcus Vinícius (Náutico), entre outros.

Disputada pela última vez, em 2012, a competição teve o Santa Cruz como campeão, diante do Porto de Caruaru/PE. Na Galeria dos Campeões, o Santa Cruz (2008, 2009, 2010 e 2012) e o Recife/Manchete (1996, 1997, 2000 e 2002) são os clubes com mais título: quatro, cada, O Sport soma três conquistas (1998, 2003 e 2007). 

Já o Vitória-PE (1995 e 2004), levantou dois títulos, enquanto Ypiranga (1994), Porto (1999), Central (2001), Salgueiro (2005) e Náutico (2011) foram campeões em uma edição, cada.