NO SANTA CRUZ, PIPICO PARA POR CERCA DE TRÊS SEMANAS; MISAEL TAMBÉM TEM LESÃO DETECTADA

Depois das lesões de Pipico e Misael, o vice-presidente médico do Santa Cruz, Antônio Mário concedeu entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira para esclarecer a situação dos jogadores. Hoje, além dos dois, Hériclis, Carlos Renato também ocupam o Departamento Médico coral. Artilheiro coral, o camisa 9 está com uma lesão de grau dois (gravidade média) na panturrilha esquerda e deve ficar três semana de fora.

Segundo Antônio Mário, a panturrilha é “um músculo trabalhoso”, então a situação será reavaliada semanalmente.

Quanto à lesão do centroavante, Antônio rechaçou a possibilidade de estar relacionada à idade avançada do jogador, que já tem 34 anos. Para ele, “são acidentes de trabalho que acontecem”. Ele ainda reafirmou o passado de poucas lesões do atacante coral.
Quanto a Misael, o atacante está com uma lesão de grau (gravidade leve) um no músculo posterior da coxa direita. Ele deve retornar de 7 a 10 dias e, provavelmente, fica de fora do confronto contra o Imperatriz-MA na próxima sexta-feira.

Antônio explicou também a situação geral dos quatro atletas. Hériclis está em transição e deve ser liberado dentro de 30 dias. Carlos Renato já consegue fazer os movimentos normais na água, ele está em transição, mas o médico não deu previsão de retorno por ser uma caso que “tem que avaliar passo a passo”.

O vice-presidente médico do Tricolor ainda falou sobre Marcelo Mattos. O volante foi poupado da viagem para o Rio Grande do Norte na última semana e treinou em separado na tarde desta segunda. O atleta vem de uma entorse no tornozelo direito.
“Ele hoje já se movimentou, está bem melhor que estava na semana passada, mas eu não posso lhe responder se ele está liberado para o jogo da sexta, porque a gente ainda está na segunda”.
Provocado, o médico ainda respondeu como reabilitar o Santa Cruz no campeonato.
“A história do clube sempre foi assim, não é fácil. Se tiver que ser mais uma vez, vai ser como sempre foi, até o final lutando”

Vítor Aguiar /Especial para o Diario – Foto: Jota Santana/ Santa Cruz


DUAS PARTIDAS ENCERRAM A PRIMEIRA RODADA DO PERNAMBUCANO A2

Vera Cruz e Retrô e Decisão e Centro Limoeirense encerram a primeira rodada do Campeonato Pernambucano Série A2 nesta semana, que teve início nesse sábado (27), no Ademir Cunha, onde o Íbis venceu o 1º de Maio. Já no domingo (28), no estádio Lacerdão, o Porto derrotou por 3 a 0 a equipe do Ipojuca. 

Dando continuidade a rodada, Vera Cruz e Retrô vão disputar forças, nesta terça-feira (30), às 15h, na Arena de Pernambuco. O confronto tem tudo para ser um grande jogo, já que os clubes não mediram esforços para montar boas equipes. Os responsáveis por arbitrar a partida são o árbitro Nairon Pereira; os auxiliares Gilberto Freire e Ricardo Jorge Nunes e o quarto árbitro Hugo  Soares. 

Já na quarta-feira (31), no estádio Arthur Tavares, o Decisão enfrenta o Centro Limoeirense na disputa pela primeira vitória. A arbitragem para o confronto é formada pelo árbitro Paulo Belence, os auxiliares José Romão e Victor Matheus de Lavor e o quatro árbitro Joao Lucas Vieira. 

Até o presente momento, o Porto é o atual líder da competição devido ao saldo de gols. Com os mesmos três pontos, o Íbis ocupa a segunda colocação por ter marcado apenas dois gols a menos. 1º de Maio e Ipojuca ocupam, respectivamente, sétima e oitava colocação. 

Por Assessoria FPF Foto: Divulgação FPF

BRUSQUE, MANAUS, JACUIPENSE-BA E ITUANO GARANTEM ACESSO À SÉRIE C; CONFIRA OS DUELOS DAS SEMIS

Após quase quatro meses de disputas, a Série D do Campeonato Brasileiro definiu neste fim de semana os quatro times que garantiram vaga na terceira divisão de 2020. São dois acessos inéditos, Manaus-AM e Jacuipense-BA, e dois que estavam há algum tempo longe da terceira divisão, Brusque-SC e Ituano-SP.

A definição dos classificados ocorreu neste fim de semana. O primeiro a garantir a vaga foi o Manaus, no sábado. O time amazonense venceu o Caxias-RS por 3 a 0 (tinha perdido na ida por 1 a 0) e comemorou diante de 44 mil torcedores na Arena da Amazônia. É a primeira vez que a equipe de apenas seis anos disputará a Série C.

Ainda no sábado, o Ituano garantiu a segunda vaga. A equipe paulista perdeu por 1 a 0 para o Itabaiana-SE, fora de casa. Mas como venceu a partida de ida por 3 a 1, comemora o retorno à terceira divisão após 12 anos.

Neste domingo, mais dois classificados. O Jacuipense-BA venceu o Floresta-CE por 1 a 0 e consegue o acesso inédito. Na partida de ida, no Ceará, os times haviam empatado em 2 a 2. E o último classificado foi o Brusque-SC. A equipe catarinense goleou o Juazeirense por 4 a 0 após ter perdido o jogo de ida por 1 a 0. Time volta à terceira divisão após 31 anos.

Duelos das semifinais

Após os confrontos do fim de semana, foram definidos os confrontos das seminais da Série D. Assim como nas quartas de final, os duelos foram definidos por chaveamento olímpico, obedecendo a classificação geral.

Apesar de ter os mesmos 26 pontos de Manaus e Jacuipense, o Brusque tem um saldo maior de gols de por isso finalizou na primeira colocação. Com isso, enfrentará o Ituano, que ficou em quarto entre os quatro.

O Manaus ficou em segundo, por conta do saldo de gols, e enfrentará o Jacuipense, na outra semifinal. Os duelos ocorrem nos dois finais de semana e os times com melhor campanha decidem em casa.

Semifinais

Brusque x Ituano

Manaus x Jacuipense

Foto: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

Por GloboEsporte.com — Manaus, AM

NÁUTICO PRESSIONA, FAZ GOL NO FIM, VENCE TREZE-PB POR 1 A 0 E ENTRA NO G4 DA SÉRIE C

Nos Aflitos, o Náutico superou no Treze-PB e venceu o lanterna do Grupo A pelo placar mínimo. A equipe teve domínio ofensivo na maior parte do jogo, mas só conseguiu sair do zero aos 34 da segunda etapa, com gol de Rafael Oliveira. Nos minutos finais, o Treze ainda teve um jogador expulso. Com a vitória, o Timbu voltou ao G4 da Série C, assumindo o quarto posto do Grupo A, três pontos à frente do Imperatriz-MA. 

A partida registrou duas marcas inéditas nesta Série C para o Náutico: o Estádio dos Aflitos teve o maior público na competição com quase 10 mil torcedores e a equipe engatou duas vitórias seguidas. O noite foi recheada de lembranças aos 51 anos do hexacampeonato estadual. Agora, o Náutico começa a sonhar com a liderança do Grupo A. A equipe está a três pontos do primeiro colocado, Confiança-SE, que é o próximo rival alvirrubro, na próxima sexta-feira às 20h. A equipe sergipana ocupa a liderança do Grupo A da Série C.
O JOGO
Com apenas vinte segundos de jogo, o Náutico chegou perto de abrir o placar. Jefferson Nem roubou a bola próximo à área, entrou pela esquerda, sem marcação e, cara a cara com Mauro Iguatu bateu sem força para a defesa do goleiro. A intensidade não parou por aí. O início do jogo foi bastante violento e, aos sete minutos, já tinham sido distribuídos dois amarelos, um para o meia Bismarck, do Treze e um para o lateral Wilian Simões, do Náutico. 
O Náutico não demorou a tomar o domínio ofensivo da partida e, em boa chance aos oito minutos, Paulinho recebeu sozinho na área e bateu para o gol, mas a arbitragem já indicava a posição irregular do atacante alvirrubro, que sequer protestou. A primeira boa chance do Treze veio aos 17. Após cruzamento da direita, a bola passou por toda a defesa alvirrubra e chegou livre na segunda trave para Eduardo. O atacante chegou sem equilíbrio na bola, bateu de canela e mandou para fora. Em mais uma boa chegada com Eduardo, dois minutos depois, o atacante acertou um voleio na lateral do campo.
Aos 19, um jogador do Treze ficou caído em campo e o Náutico seguiu jogando. Quando recuperou a bola, cerca de meio minuto depois, os paraibanos pararam o jogo e foram pra cima dos alvirrubros. O princípio de confusão não gerou cartões, mas deixou a partida parada por mais de um minuto. Com o passar dos minutos, o jogo se manteve duro e as equipes encontravam dificuldades no setor criativo.
Aos 34, o Náutico teve duas grandes oportunidades de abrir o placar. Na primeira, Thiago pegou o rebote de fora da área mandou um chutaço, que desviou e passou ao lado do gol alvinegro. Na cobrança do escanteio, a bola chegou para Jefferson Nem, que sem goleiro, limpou da defesa e bateu ao lado do gol. Aos 37, mais uma grande oportunidade para o Timbu, Nem recebeu sozinho cara a cara com Iguatu, mas bateu sem força para a defesa do goleiro com o pé.

Foto: Léo Lemos/ CNC – Vítor Aguiar /Especial para o Diario

1º DE MAIO INTENSIFICA TREINOS PARA ESTREIA NA SÉRIE A2 DO PERNAMBUCANO

Faltam nove dias para a estreia do 1º de Maio na Série A2 do Campeonato Pernambucano. Para chegar bem na competição, o time intensificou a preparação.

– A gente está aproveitando a semana que tem cheia para dar muita intensidade a esta equipe. A gente vai precisar muito no campeonato, porque é um campeonato de muita força e a gente precisa dessa intensidade – explica o técnico do time, Alexandre Lima.

17 equipes participarão da disputa. Na primeira fase, o representante petrolinense participa de sete jogos. O 1º de Maio conta com 20 jogadores no elenco, mas ainda deve receber reforços até o início da competição.

– Vamos ganhar um reforço de um zagueiro e estamos na expectativa de chegar mais alguns ai. E é trabalhar com o que a gente tem por enquanto. A gente vai trabalhando, mas quando chegar a semana do jogo, a gente vai chegar com uma expectativa boa para isso – concluiu Alexandre.

A estreia do 1º de Maio será no dia 27 de julho contra o Ibis. A partida está marcada para 16h, no Estádio Ademir Cunha, em Paulista.

Por GloboEsporte.com — Petrolina / Foto: Amanda Lima

VIVENDO O MELHOR MOMENTO NA SÉRIE C, NÁUTICO RECEBE TREZE NO JOGO ‘MAIS IMPORTANTE DO ANO’

O Náutico vive o seu melhor momento na Série C. Na cola do G4, a equipe vem de uma expressiva vitória diante do então líder Ferroviário fora de casa. Agora, a tabela da abre uma grande possibilidade com dois jogos consecutivos como mandante, sendo o primeiro deles contra o lanterna da competição. Em jogo válido pela 13ª rodada, o Timbu recebe o Treze-PB, neste domingo, às 18h, no estádio dos Aflitos. O confronto, aliás, deverá registrar o maior público do Náutico na Terceirona. A diretoria fez promoção de ingressos ‘casadinha’ e até as 18h da sexta-feira, 3.287 haviam sido vendidos – o recorde da equipe na competição foi registrado diante do ABC, com 5.264 torcedores. “Precisamos da vitória e a gente entende que é o jogo mais importante do Náutico neste ano. Faremos de tudo para vencer essa partida. Nosso foco e respeito total ao Treze-PB. Temos muito respeito e levaremos a sério”, avaliou Gilmar Dal Pozzo. Há muito mais do que três pontos em disputa para o Náutico, aliás. Em caso de vitória, a equipe retorna ao grupo qualificatório do grupo A da competição – atualmente, está em 5º. Além disso, seria a primeira vez na Terceirona que o Timbu conquistaria a segunda vitória consecutiva, algo há muito buscado pelo treinador. De acordo com Dal Pozzo, no momento que isso acontecer, o time conseguirá embalar na Série C.

Para a partida, aliás, o comandante alvirrubro fez mistério, mas o Náutico deverá ter três mudanças. Suspenso, Matheus Carvalho dará lugar ao atacante Paulinho, que, enfim, fará a sua estreia pelo Timbu, atuando pelo meio, mais recuado – o jogador passou cerca de três semanas aprimorando a parte física até reunir condições de jogo. Ele não atua desde dezembro de 2018, quando estava no futebol coreano.

Além dele, as outras substituições serão no sistema de marcação na equipe. Na defesa, Rafael Ribeiro deve sair para a entrada de Diego Silva, que treinou entre os titulares na semana – Lombardi segue fora com uma lesão muscular. No meio, Josa retorna após cumprir suspensão e atuará ao lado do paraguaio Jiménez. Assim, Danilo Pires será sacado da equipe. Em entrevista coletiva, o técnico explicou a escolha por esta tríade no meio.

COMO VEM O TREZE

Na última posição do grupo A, o Galo da Borborema tem apenas duas vitórias na Série C. Em má fase, o treinador Luizinho Lopes foi desligado do comando da equipe após a última derrota, para o Imperatriz. Na coletiva pós-jogo, o então técnico foi duro. ‘O time não ganha p…. nenhuma’, disse. Em seu lugar, o auxiliar Kleber Romero foi efetivado até o fim da competição. Para o jogo contra o Náutico, aliás, decidiu fechar todos os treinos, sem divulgar a equipe que entrará em campo. “Eu entendo que eles vão vir para a buscar a vitória. Praticamente a situação do Treze-PB começa a ficar desesperadora na pontuação, então é um jogo bastante difícil. Irão vir forte. E não entendo o porquê de estarem nesta situação. Alguns outros problemas devem estar acontecendo, mas não pela qualidade dos jogadores. É uma equipe que tem qualidade e a gente respeita muito”, comentou Dal Pozzo.

FICHA TÉCNICA

Náutico

Jefferson; Hereda, Camutanga, Diego Silva (Rafael Ribeiro), Wilian Simões; Josa, Jiménez, Paulinho; Jefferson Nem, Wallace Pernambucano e Thiago. Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Treze-PB

Mauro Iguatu; Thiaguinho, Adriano Alves, Anderson Pena, Silva; Robson, Júlio Pacato, Marcelinho Paraíba; Cesinha, Eduardo e Wanger. Técnico: Kleber Romero

Local: Estádio dos Aflitos

Hora: 18h

Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim-AL

Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araujo-AL (1) e Esdras Mariano de Lima Albuquerque-AL (2)

Ingressos: promoção ‘casadinha’. Público geral – R$ 20 (meia) e R$ 40 (inteira). Sócios – pagam no máximo R$ 20 pelos dois jogos.

Geraldo Rodrigues /Diario de Pernambuco – Foto: Léo Lemos/ CNC

PRESTES A ESTREAR COMO TREINADOR, TAMANDARÉ REVELA ANSIEDADE E MOSTRA CONFIANÇA NA NOVA FUNÇÃO

Como lateral-direito, Marco Tamandaré vestiu camisas importantes do futebol brasileiro, como Sport, Corinthians, Santa Cruz, Coritiba, Fortaleza. No Salgueiro, onde pendurou as chuteiras há quase um ano, foi símbolo de uma equipe que mostrou a força do futebol do interior de Pernambuco durante oito temporadas. Agora, o ex-jogador está prestes a iniciar mais um caminho em sua vida profissional, desta vez como técnico da equipe sub-20 do Carcará, que em agosto vai jogar o Pernambucano da categoria.

– Estou um pouco ansioso, é natural. Primeiro trabalho, nova função, você fica ansioso. Mas, é o que eu quero, uma coisa que sei fazer. Falta experiência de minha parte, sei disso, mas é um trabalho que tenho certeza que vou me sair bem. Sou um cara trabalhador, dedicado. Sei que com meu empenho vou conseguir coisas grandes na minha profissão – diz o técnico Marcos Tamandaré.

Desde a eliminação do Salgueiro na Série D do Brasileiro, o presidente do clube, José Guilherme da Luz, disse que o foco no segundo semestre ficaria na equipe sub-20. Com isso, Tamandaré ganhou reforços importantes na comissão técnica. O preparador físico Glaydson Galdido e o preparador de goleiro Gilmar Gomes, que atuam no time profissional, passam a trabalhar com Tamandaré no sub-20.

– Está sendo importante, não só pela qualidade de trabalho, mas pela experiência deles em equipes profissionais e em comissão técnica, que eu ainda não tenho experiência porque vai fazer um ano que parei de jogar. Eles tentam me passar o máximo. Faço reuniões, escuto tudo o que eles tentam me passar. Vou anotando, pensando naquilo que posso evoluir, não só de trabalho de campo, mas como tratar os atletas. Vou escutando porque eles são mais experientes do que eu.

O apoio que vem recebendo dos colegas mais experientes fez Tamandaré lembrar do início da carreira como jogador.

Na primeira fase do Pernambucano sub-20, o Salgueiro de Tamandaré vai encarar as equipes do Petrolina, Serrano e Ypiranga. O treinador está otimista em relação ao time.

– Já tem alguns jogadores que estavam treinando no começo do com China. Estamos com o time forte. A Chegada do Glaydson na preparação aumentou o poder da gente. Temos a parte técnica e estamos melhorando a parte física. Não se surpreenda se a gente chegar nas cabeças do Pernambucano. Nosso time está muito bom.

Por Emerson Rocha — Salgueiro, PE / Foto: Rômulo Alcoforado

DIRETORIA DO FLUMINENSE NÃO SE EMPOLGA COM PROPOSTAS RECEBIDAS PELO ATACANTE PEDRO

A diretoria do Fluminense recusou a proposta do Flamengo pelo atacante Pedro e pediu inclusive para o rival não seguir em nenhuma frente de negociação para contar com o jogador. A rivalidade em campo teve um peso menor do que o bom relacionamento entre os dirigentes dos dois clubes e os flamenguistas desistiram do negócio. Porém, o assédio ao atleta continua principalmente por parte dos europeus. Apesar disso, nenhuma proposta apresentada ou ventilada chegou a empolgar o Flu que, por enquanto, trabalha com a permanência do centroavante nas Laranjeiras.

O Tricolor recebeu uma sondagem do CSKA Moscou da Rússia que girava em torno de 12 milhões de euros (mais de R$ 50 milhões). Porém, o Fluminense entende que com sequência de jogos o centroavante por voltar a ser valorizado como foi no ano passado, quando o Real Madrid queria tirá-lo do Tricolor com 30 milhões de euros (cerca de R$ 135 milhões). No empate por 1 a 1 com o Ceará, na noite de segunda-feira, ele fez a primeira partida inteira no ano. Pedro sofreu grave lesão no joelho direito no ano passado, tendo que se submeter a uma cirurgia.

“Foi a minha primeira partida em que fico em campo os 90 minutos desde que voltei de lesão. Isso é importante para eu recuperar a forma física”, disse Pedro, que fez o gol do Fluminense na partida.

O jogador foi recebido em campo com vaias e aplausos por parte dos torcedores. Os que criticaram estavam irritados por notícias que deram conta de que o jogador pediu para ser liberado para o Flamengo. “Este tipo de pressão é normal, mas fico feliz pelos que me apoiaram. A torcida é soberana”, disse Pedro.

Dentro de campo o Fluminense volta a jogar no próximo sábado, às 11h (de Brasília), quando o time faz clássico com o Vasco em São Januário, no Rio de Janeiro, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Trata-se de um choque direto, pois os dois times somam nove pontos e brigam para se distanciarem da zona de rebaixamento. Neste jogo o meia Paulo Henrique Ganso será desfalque por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo contra o Ceará. Em compensação os volantes Aírton e Allan, que cumpriram suspensão contra os cearenses, ficam à disposição do técnico Fernando Diniz. Nesta quarta-feira o elenco treina na parte da tarde.

Gazeta Press / Foto: Lucas Merçon/Fluminense

JOELINTON, EX-SPORT, TERIA ACORDO DE TRANSFERÊNCIA PARA JOGAR NA INGLATERRA, DIZ JORNAL

A chegada do atacante Joelinton ao futebol inglês parece estar cada vez mais próxima. Ao que tudo indica, o jogador deve desembarcar na Inglaterra para fechar uma transação milionária com o Newcastle ainda nesta janela de transferências internacional. O único empecilho para o fechamento da negociação está na comissão técnica do clube, pois o técnico Rafa Benítez, um dos principais entusiastas da contratação, deixou os Magpies rumo ao futebol norte-americano, ao menos é o que afirma o jornal The Telegraph, em notícia desta segunda-feira. 

O ‘namoro’ entre clube e jogador se arrasta desde meados da temporada 2018/2019. Em fevereiro de 2019, o jornal Sport1, da Alemanha, publicou que o Newcastle estaria disposto a pagar 60 milhões de euros – aproximadamente R$ 255 milhões, na época – para acertar com o centroavante de 22 anos.

Caso a transferência se confirme, o clube pernambucano teria direito a um percentual da transação, o que ajudaria muito o Leão a minimizar a crise financeira que vive desde 2017, devido ao mecanismo de solidariedade estabelecido pela FIFA, que beneficia clubes formadores.

Na temporada passada, Joelinton foi um dos destaques do Hoffenheim. Pelo clube alemão, o atacante marcou 11 gols em 35 jogos disputados. Ele foi contratado junto ao Leão em 2015, por R$ 7 milhões. Desde então, foi emprestado ao Rapid Viena, por duas temporadas para ganhar tempo de jogo e retornou à Alemanha para jogar pelo clube alviazulino em 2018.

Trajetória de Joelinton

Nascido em Aliança, no interior de Pernambuco, Joelinton Cassio Apolinário de Lira foi promovido para o time profissional em 2013, quando o Sport era treinado por Marcelo Martelotte, mas praticamente não era relacionado. Com a chegada de Eduardo Baptista, em 2014, o atacante começou a figurar, primeiramente no banco de reservas, e depois no time titular. Em sua estadia na Ilha do Retiro, o jogador disputou 40 jogos pela Leão e marcou sete gols, além de participar dando mais três assistências entre 2014 e 2015.

Em 2015, o Leão foi procurado pelo Hoffenheim, clube alemão que pagou R$ 7 milhões pelo atleta, que assinou contrato por cinco anos. Durante esses três anos, Joelinton foi emprestado por duas temporadas ao Rapid Viena, clube austríaco, onde se destacou e acabou voltando ao Hoffe, em 2018, onde está desde então.

Yago Mendes /Especial para o Diario / Foto: Divulgação/TSG 1899 Hoffenheim

NEYMAR DEVE R$ 147 MILHÕES EM IMPOSTOS NA ESPANHA E PREJUDICA IDA AO BARÇA

Alguns já consideram difícil o retorno de Neymar ao Barcelona por conta da contratação de Antoine Griezmann. O jornal catalão Mundo Deportivo agora aponta mais uma pedra no caminho do brasileiro nesta negociação: o fisco espanhol descobriu que o atacante deve 35 milhões de euros (cerca de R$ 147 milhões) em tributos e impostos.

As investigações vinham ocorrendo há um tempo e, conforme divulgou o periódico, o valor é referente aos quatro anos nos quais o brasileiro viveu em Barcelona e também sua transferência ao Paris Saint-Germain. Isso entra totalmente no caminho caso Neymar deseje mesmo retornar ao Barça.

“Seu regresso ao Camp Nou já era muito complicado porque já tinham muitos condicionantes para que retornasse, mas a presença do Tesouro o complica ainda mais e cada vez torna mais difícil que Neymar possa voltar ao Campeonato Espanhol”, diz a matéria deste domingo.

No último mês de março, o jornal EI Mundo havia publicado que o Tesouro estava investigando a transferência de Neymar para o PSG e o bônus de renovação acordado com o Barcelona antes de sua saída. Como ela aconteceu oficialmente em agosto de 2017, ele passou mais de 183 dias em Barcelona, ou seja, deveria ter declarado todo o seu rendimento anual normalmente, como residente fiscal na Espanha.

Segundo o jornal, o Paris Saint-Germain entregou ao fisco espanhol os contratos de Neymar, porém com os números riscados, sendo que o Tesouro também fez a solicitação para que toda a documentação do caso fosse entregue ao Tribunal Social nº 15 de Barcelona, que discute o caso da disputa entre o clube catalão e o jogador, pelas dívidas reclamadas pelo brasileiro após sua saída do clube.

Gazeta Press / Foto: Miguel SCHINCARIOL / AFP

1 2